A Safeweb, empresa pioneira em Certificação Digital no Rio Grande do Sul, atua no mercado brasileiro há mais de uma década provendo soluções voltadas à segurança de documentos eletrônicos, aplicações e transações seguras na Internet. 

  Oferecemos soluções para empresas e instituições nas áreas de Certificação Digital, Nota Fiscal Eletrônica, Autenticação Forte, Votação pela Internet e Segurança da Informação. Nossa base tecnológica é garantida através de convênios de cooperação com Microsoft e Núcleo de Segurança da Informação (NSI) da UFSC-SC.

                                               DES-IF

   O QUE É?

  A Declaração Eletrônica de Serviços de Instituição Financeira (DES-IF) é uma ferramenta exclusivamente digital que padroniza o cumprimento das obrigações acessórias.

   CONTEXTO:

  As Secretarias de Finanças das capitais necessitam promover o compartilhamento de informações e experiências entre os fiscos. Ao racionalizar e uniformizar as obrigações acessória, aumenta-se o consentimento à tributação.

  O objetivo é combater a litigiosidade, a dificuldade no controle dos recibos provisórios de serviços e as inconsistências e não conformidades dos dados. Além disso, é possível impedir a negativa no fornecimento de informações e a evasão fiscal.

  BENEFÍCIOS

   INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS:

  •  Redução dos custos de conformidade fiscal;

  •  Dispensa da emissão de nota fiscal de serviço;

  •  Redução da interferência fiscal no ambiente operacional e administrativo;

  •  Simplificação e redução de obrigações acessórias, com a possibilidade de eliminação de redundâncias pela aderência ao SPED;

  • Redução do "Custo Brasil".

  FISCO MUNICIPAL:

  •  Identificação dos fatos geradores do ISSQN devido ao município;

  •  Combate à sonegação fiscal e aumento da arrecadação;

  •  Aumento do consentimento à tributação e redução da litigiosidade.

  •  Aumento da qualidade e confiança nos dados declarados;

  •  Uniformização do tratamento tributário aos fatos declarados;

  •  Aprimoramento do controle fiscal e mais rapidez nos processos;

  •  Aumento da validade jurídica da declaração e integridade dos dados por meio da certificação digital.

   FUNCIONALIDADES:

  •  Reúne informações comuns ao município (anual e quando houver alteração);

  •  Identifica a declaração, o Plano Geral de Contas Comentado (PGCC) e as tabelas de tarifas da instituição;

  • Aponta a declaração, a dependência e o demonstrativo da apuração da receita tributável e do ISSQN mensal devido e a recolher;

  • Gera um demonstrativo contábil anual;

  • Identifica a declaração, a dependência, o balancete analítico mensal e o demonstrativo de rateio de resultados internos;

  • Gera um demonstrativo das partidas dos lançamentos contábeis (sob demanda).

                                        CERTIFICAÇÃO DIGITAL


  É um documento eletrônico com validade jurídica que garante proteção às transações online e à troca virtual de documentos, mensagens e dados.

 

 CERTIFICADO DE ATRIBUTO:

  O Certificado de Atributo é um documento eletrônico assinado digitalmente e, que contém qualificações do seu titular atribuídas por uma Entidade Emissora de Certificado de Atributo (EEA). Por exemplo:

  • Médicos 

  • Advogados

  • Contadores

  • Engenheiros

  Podem provar, no mundo eletrônico, suas titulações através de certificado de atributos, emitidos pelos conselhos profissionais respectivos.

  • Funcionários

  • Servidores

  Podem provar seus atributos e autorizações para acessos, operações e ações em sistemas.

 

             

  Este projeto foi idealizado como uma contribuição à modernização da Administração Pública Municipal, não tem como objetivo, nem pretensão, de ser apresentado como um Plano Nacional de Desmaterialização de Processos para Municípios. Todavia, pode ser uma fonte de referência,  inclusive sob o ponto de vista do desenvolvimento de sistemas seguros, por utilizar em seu modelo conceitual algumas das principais técnicas modernas de Segurança da Informação, constituindo-se em um case de sistema seguro e imune a fraudes.

  O Projeto AdM-p (leia-se ADM menos p), foi idealizado para substituir a circulação do documento papel de processos e memorandos em todos os níveis da Administração Municipal, executivo, legislativo e autarquias.