TRABALHAR DE CASA DIMINUI O ESTRESSE


A opção de ter atuação profissional fora do escritório da empresa difunde-se cada vez mais, alcançando diferentes setores econômicos e níveis de atuação. E, segundo o estudo Global Evolving Workforce, encomendado pela Dell e pela Intel, a modalidade também traz benefícios ao trabalhador. A pesquisa, realizada com 5 mil pessoas em 12 países – 501 delas aqui – indica que 49% dos brasileiros trabalhando a partir de casa se consideram menos estressados, e 52% conseguem passar mais tempo com a família. O tempo economizado no trânsito das grandes cidades também é precioso para aqueles que não precisam mais dirigir para o trabalho e de volta. A diretora de Recursos Humanos da Dell na América Latina, Luciana Madrid, acredita que essa é a vantagem mais direta para o funcionário em home office. – O trabalho em casa é uma questão de produtividade, e oferece vantagem para os dois lados. Trabalhando de forma remota fica mais fácil gerenciar demandas pessoais com as de trabalho – resume.

Impacto de estar fora da empresa A percepção foi refletida na pesquisa: 54% dos profissionais considera mais produtivo o home office, opinião da qual discordam 14% dos entrevistados. Crescimento na carreira é outro ponto que a diretora destaca. Antes, afirma, os trabalhadores tinham dúvidas sobre o impacto que estar fora da empresa poderia causar no desenvolvimento profissional. Hoje, segundo o estudo, 42% dos entrevistados acreditam que a limitação não existe, enquanto 20% veem a distância como barreira.


É ROTINA Maioria já trabalha fora do horário ● 56% trabalham de casa em algum momento. ● Fora do expediente, 75% acessam e-mails e 59% fazem ligações profissionais. ● No Brasil, 55% usam aparelhos pessoais para o trabalho, percentual semelhante ao de outros países em desenvolvimento, de 54%. Em países desenvolvidos, são 29%. Dos profissionais que fazem home office ● 52% têm mais tempo para a família. ● 49% se sentem menos estressados. ● 45% dirigem menos. ● 33% dormem mais.

RELAÇÃO DE CONFIANÇA

Na Dell, computador, impressora, celular e internet, entre outros, ficam a cargo da empresa, que confia no bom senso do funcionário e não controla o que é feito ou quando é feito. – Temos uma cultura de meritocracia: o foco é na entrega. E essa cultura organizacional é essencial para que o trabalho remoto funcione – afirma. A companhia oferece treinamentos sobre gestão de tempo e como manter-se em contato com os demais colegas – além, é claro, sobre as regras para a modalidade. A escolha das posições que permitem o home office, segundo a diretora, varia conforme a necessidade de cada time de estar presente no ambiente físico. – Eu, por exemplo, trabalho de casa pela manhã e só vou para o escritório à tarde. Se um funcionário de Eldorado do Sul atende a uma equipe de São Paulo, não faz diferença ele estar na Dell ou na própria casa – exemplifica. Para a empresa – que tem 30% dos profissionais atuando de fora do escritório –, pesam também a maior aquisição e retenção de talentos, uma vez que os profissionais de hoje buscam alternativas flexíveis, e abre-se a possibilidade de contratar funcionários que não moram na cidade onde está o escritório da companhia.

#Homeoffice #TRABALHO #FREELA

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

(54) 3392-1031

(54) 3392-1103

 

Av. Otto Radtke, 1165, sala 03

Lagoa dos Três Cantos/RS

CEP 99495-000

  • White Facebook Icon
  • White YouTube Icon

© 2016 FUTURIZANDO - todos os direitos reservados.